Mudar de casa é um processo de renovação. Ir para um imóvel novo, mais perto do trabalho, da faculdade, que seja mais sua cara ou até mesmo mudar de cidade. A sensação de entrar na casa nova é ótima. Mas, só de pensar em todo o trabalho já vem aquela preocupação? Confira, nesse guia de como fazer mudança, dicas para facilitar o processo e ter uma mudança tranquila, sem caos.

pré-mudança

Antes de começar a mudar de fato, é necessário preocupar-se com alguns pontos. Primeiro, veja a melhor data. Isso deve levar em consideração, além da sua disponibilidade, também as regras do local para onde você vai. Por exemplo, alguns condomínios permitem mudanças apenas em dias e horários específicos. Não se esqueça de verificar essa questão para não ser pego de surpresa.

Depois, já providencie o orçamento do frete. Assim você terá tempo de escolher o melhor custo/benefício e também de já ver a disponibilidade do serviço.

instalações

Também providencie com antecedência as instalações, por exemplo, o chuveiro, e confira se a energia da casa está ligada. Meça os cômodos para saber se seus móveis irão caber e evite surpresas de última hora. Também deixe certo quais móveis precisarão ser desmontados/montados ou colocados nas paredes, e quem realizará esse trabalho.

embalagens

Em seguida, providencie as caixas ou embalagens que serão usadas. Alguns fretes já oferecem o material, outros não. Você pode pedir algumas caixas em supermercados, por exemplo, ou outras lojas. Também pode usar jornais ou páginas de revistas para embalar os objetos frágeis. A questão é não deixar nada para a última hora, vá embalando os objetos que você menos usa aos poucos.

desapego

Essa é uma boa hora para fazer aquele limpa e doar ou vender objetos e roupas que você não usa mais. Leve só o necessário e economize tempo e trabalho!

facilite o processo

Roupas de pendurar podem ser levadas direto no cabide. Você também pode levar as gavetas dos móveis já com os objetos dentro. Assim, na hora de arrumar, é só colocar no lugar.

separe e organize

Escreva nas embalagens a quais cômodos elas pertencem. Por exemplo, na caixa de panelas escreva “cozinha”. Depois, decida a ordem em que levará os móveis e caixas e oriente o frete sobre em quais cômodos ele deve colocá-los. Assim você não corre o risco de precisar mover objetos pesados sozinho.

deixe alguns objetos com você

O ideal é que objetos de grande valor (monetário ou sentimental) sejam carregados com você no carro. Também separe, para cada morador, uma pequena mala com alguns itens necessários, por exemplo: algumas mudas de roupa, documentos pessoais e objetos de higiene pessoal. Assim, depois da mudança, você conseguirá viver normalmente sem precisar revirar as caixas em busca desses objetos.

prioridades

Comece arrumando os cômodos mais usados como, por exemplo, a cozinha. Depois, passe para o banheiro, quartos, sala e só depois outros como escritório. Objetos de decoração, livros, discos, etc, podem ser arrumados ao longo das semanas e com calma. Foque nos objetos que são mais usados e necessários para você e sua família.

Pronto! Sua mudança será um sucesso e você poderá curtir a casa nova com tranquilidade, sem estresse ou contratempos.

Um abraço da equipe Roca e até mais!