Central de Ajuda (FAQ)

Aqui você encontra respostas as mais frequentes dúvidas em relação à compra, venda e locação de imóveis. Caso não tenha a resposta que precisa, entre em contato conosco através do rocaimoveis@roca.com.br.

A Roca é uma imobiliária situada na cidade de São Carlos, interior do estado de SP. Há 42 anos trabalha intermediando vendas e administrando locação de imóveis.

Intermediação de transações imobiliárias (Compra, venda e administração predial).

A Roca, além de ter seu site próprio, anuncia seus imóveis nos mais diversos portais onlines com foco em transações imobiliárias, além de redes sociais, rádio, jornais, revistas e TV.

Conforme estipulado pelo Conselho Regional dos Corretores de Imóveis (CRECI), a Roca trabalha com a seguinte tabela:
- 6% na intermediação de compra e venda de imóveis.
- 10% de administração mensal em suas locações, bem como 100% do primeiro aluguel a título de taxa de intermediação.

Por lei o prazo para contratos de locações residenciais é de 30 meses e o de locações comerciais não tem prazo estipulado, devendo ser combinado entre as partes. Ambos passam a ser por prazo indeterminado após o término do período contratado.

Inquilino (Locatário)

Pessoa física

- Cópia do CPF/RG do casal;

- Cópia da certidão de casamento ou nascimento (se solteiro);

- Comprovante de Renda (Holerite, declaração imposto de renda ou decore);

- Cópia da carteira de trabalho (folha com a fotos, dados pessoais e registro);

- Cópia da última conta de luz ou água de onde residem;

- Referência bancária e comercial.


Pessoa jurídica

- Cópia do contrato Social ou Ata de constituição;

- Cópia das alterações;

- Cópia do último balanço;

- Cópia do Cartão CNPJ;

- Faturamento dos últimos 3 meses;

- Cópia do CPF/RG e comprovante de residência do(s) responsável(is) pela empresa.


Fiador(es)

- Cópia do CPF/RG do casal;

- Cópia da certidão de casamento ou nascimento (se solteiro);

- Comprovante de renda (Holerite, declaração do imposto de renda ou decore);

- Cópia da carteira de trabalho (Folha com a foto, dados pessoais e registro);

- Cópia da última conta de luz ou água de onde residem;

- Referência bancária e comercial;

- Cópia da escritura definitiva registrada em cartório de casa, apartamento ou salão comercial;

- Cópia da matrícula atualizada do imóvel (imprescindível).


*A renda do fiador deverá atingir no mínimo 03 vezes o valor do aluguel.

O seguro fiança substitui o fiador e garante o pagamento dos aluguéis e encargos vencidos não pagos pelo inquilino. O inquilino, por sua vez, ganha mais agilidade na aprovação da documentação para efetivar a locação. Para mais informações entre em contato conosco.

Na Roca o estudante não precisa de fiador*, basta apresentar os documentos dos pais (RG, CPF, certidão de casamento e comprovante de renda). Tudo muito simples e muito prático.
* Sujeito a análise.

Apresentando toda a documentação exigida você assina o contrato no mesmo dia*. Caso a garantia escolhida seja o seguro fiança, a aprovação do cadastro depende única e exclusivamente da SEGURADORA, que normalmente demora cerca de 48 horas.
* Sujeito a análise.

Não, o aluguel deve ser pago única e exclusivamente por boleto bancário, podendo este ser retiradona área do cliente, no site da imobiliária.

A Roca não envia boletos por e-mail ou pelo correio. Ele deve ser retirado única e exclusivamente no site da imobiliária, acessando a área do cliente.

A Roca não envia boletos por e-mail ou pelo correio. Ele deve ser retirado única e exclusivamente no site da imobiliária, acessando a área do cliente.

Para o seu primeiro acesso a senha são os 5 primeiros dígitos do seu CPF, caso já tenha alterado e não lembre qual é, clique em “Esqueci minha senha” na área do cliente e você receberá outra no seu e-mail cadastrado.

Você deve notificar por escrito em até 5 dias a imobiliária.

Sim. É obrigatório a contratação do seguro contra incêndio.

O contrato é assinado através da plataforma DocuSign. O locatário receberá (Caso haja mais de um todos receberão.) um e-mail com o link do documento para assinatura do contrato. No e-mail haverá um botão de redirecionamento para a plataforma DocuSign, clique e aceite os termos da plataforma.
A assinatura poderá ser feita em qualquer lugar, desde que haja acesso a internet.

Do Vendedor/Comprador:

Pessoa Física:

- RG e CPF se casado do cônjuge

- Comprovante de estado civil (certidão de nascimento/Casamento e se houver registro do pacto antenupcial)

- Comprovante de endereço.

Pessoa Jurídica:

- Contrato social e suas alterações, registrados na Junta Comercial;

- Cartão do CNPJ

- Certificado de regularidade da situação – CRS/FGTS.

- Documentos dos sócios

Do imóvel: Escritura e Matricula do imóvel

Sim, você precisa de um crédito habitacional,ter um projeto aprovado pela prefeitura onde se encontra a obra e contratar um engenheiro para fazer um cronograma físico e financeiro.

Sim, desde que comprove renda suficiente para assumir ambos os financiamentos.

Sim. A transferência do financiamento somente será possível mediante a concessão de um novo financiamento ao solicitante, que terá como base a política de crédito e legislação vigentes à época da concessão.O cálculo da renda mínima necessária está condicionado às variáveis da nova operação, tais como: valor do financiamento, idade do proponente e ao valor de avaliação do imóvel.

Os recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de qualquer um dos clientes participantes do financiamento poderá ser utilizado nas modalidades vigentes, desde que atendidas as condições determinadas pela Caixa Econômica Federal, administradora do FGTS.

Sim, desde que o financiamento se enquadre nas regras da CEF você pode utilizar para amortização do saldo devedor, para redução do valor da prestação ou amortização do saldo devedor para redução do prazo contratual.

Sim, você pode resgatar seu FGTS e usá-lo para a compra de um imóvel sem precisar de financiamento. O processo para o resgate do FGTS dever ser feito junto à Caixa Econômica Federal.

Pode sim, porém a composição de renda ficará sujeita a análise da instituição financeira.

Caso você for o comprador sim, pois o financiamento imobiliário da Caixa é operacionalizado por meio de débito automático. Por esta razão, é necessário que possua uma conta corrente.

O prazo pode variar de acordo com a instituição financeira responsável pela emissão. Consulte seu banco.

No mesmo dia em que você assina o contrato, o valor do financiamento é depositado e ele fica bloqueado na conta do vendedor até a entrega do contrato registrado no Cartório de Registro de Imóveis. O banco tem um prazo de até 5 dias, a partir da entrega do contrato registrado, para fazer a liberação dos valores na conta do vendedor do imóvel.

ITBI significa: Imposto de Transmissão de Bens Móveis. Para toda compra de imóvel é exigido o pagamento deste imposto. Ele é cobrado pela Prefeitura Municipal. Para mais informações consulte nossos corretores.

É a autorização dada pela prefeitura municipal permitindo que determinado imóvel seja ocupado.

A sigla INCC significa Índice Nacional de Custos da Construção. É o índice que mede a variação dos preços de materiais, mão-de-obra e matéria prima da construção civil.

RI quer dizer Registro de Incorporação e sem ele o imóvel não pode ser comercializado. Ali constam determinações da prefeitura e ele só é concedido se atender todas as condições impostas por ela. Nele constam também informações importantes sobre o empreendimento, como o memorial descritivo, detalhes sobre área de lazer, áreas comuns, vagas de garagem, número de elevadores, etc.

Sim, você pode. Por lei a preferência de compra é sempre do locatário. É preciso notificá-lo e, caso ele não tenha interesse (Ele deve comunicar por escrito a imobiliária.), fica liberada a oferta a outros possíveis compradores. Lembrando que as visitas ao imóvel devem ser agendadas com o locatário de acordo com a disponibilidade dele.

Entre em contato com um de nossos corretores para mais informações.

Solicitar o termo de quitação junto a instituição financeira e, após sua emissão, levar até ao cartório de registro para que o mesmo proceda a averbação de cancelamento.

Sim. Por lei a imobiliária é obrigada a informar a Receita Federal todos as locações administradas por ela. O Informe de Rendimento, para fins declaratórios, você pode retirar na área do cliente.

Sim. Todas as transações imobiliárias devem ser declaradas no Imposto de Renda. Consulte seu contador para maiores informações.